Diminuir Aumentar Imprimir

img-top-print

1º passo = Encontro (acolhida) 10 min (Cafezinho, se houver e/ou também pode ser oferecido no final da reunião).
Quebra-gelo: Escolha em seu quebra-gelo um adequado para sua célula.

2º passo = Exaltação (As músicas devem corresponder ao louvor e à adoração) 15 min.
Louvor - 1, 2 à escolha.
Adoração – à escolha.

Para um bom aproveitamento da leitura da Bíblia (primeira parte) | 16 a 22/09/2019

Data: 16 a 22/09/2019
Tema:
Para um bom aproveitamento da leitura da Bíblia (primeira parte)
Salmo: Sl 27,1-6

Leitura: 2Tm 3,14-17


Com alegria é que vemos hoje a Bíblia nas mãos de milhares de nossos irmãos e irmãs católicos, fruto especialmente do Concilio Vaticano II.

Na Palavra de Deus, como nos costumamos nos referir à Bíblia, está registrada toda a história de nossa Salvação, contendo a Antiga e a Nova Aliança, o Antigo e o Novo Testamento, o Antigo e o Novo Pacto. Seu centro está nos quatro evangelhos onde encontramos a vida, ministério, paixão, morte e ressurreição de nosso Senhor Jesus Cristo.

Como disse muito bem o apóstolo Paulo a seu discípulo e companheiro de viagem sobre a Palavra de Deus: “É inspirada por Deus, útil para ensinar, corrigir e formar na justiça”. No entanto, é preciso que se leve em consideração que ela foi escrita por mãos humanas ao longo de centenas de anos, sujeita a uma cultura, costumes e linguagens diferentes da nossa. Daí se segue que ela deve ser lida e entendida considerando todos estes fatores, correndo o risco de ser interpretada de maneira errônea, até mesmo correndo o risco de não entendermos o que o próprio Senhor quer nos dizer através do texto que você leu. Por isto, é que dois dos critérios mais importantes para se ler de maneira correta a Bíblia deve ser que ela sempre deve ser lida a partir de Jesus Cristo, na Igreja e com a Igreja. Vamos refletir melhor estes elementos em dois roteiros.

A história registra casos em que o resultado da leitura de maneira errônea resultou na criação de seitas fundamentalistas: “Testemunhas de Jeová”, que proíbem seus seguidores de fazer transfusão de sangue com base indevida em costumes antigos dos judeus, descritos no livro do Levítico; os Adventistas do Sétimo Dia que trouxeram para a sua “igreja” costumes do judaísmo antigo como a guarda do sábado e a proibição de alguns alimentos que na mentalidade judaica eram impuros; ou ainda os mórmons que adotam outros livros que eles chamam de tão “sagrados” como os livros da Bíblia (por exemplo, o livro de mórmon). O próprio Jesus responde a esses absurdos. Em outras passagens dos Atos dos Apóstolos é o evangelista Lucas e em outras mais o apóstolo Paulo enfrentou e as deixou bem claro em diversas passagens (Mt 12,1-13; At 10,9-16; 1 Cor 10,25; Gal 1,8; Col 2,1-17).

- “Pois o filho do Homem é Senhor também do sábado” (Mt 12,8)
- “Não chames tu de impuro aquilo que Deus purificou” (At 10,15)
- “Vocês podem comer de tudo o que se vende no açougue, sem terem nenhuma dúvida de consciência” (1Cor 10,25)   
- “Mas, se alguém, mesmo que sejamos nós ou um anjo do céu, anunciar a vocês um evangelho diferente daquele que vocês aceitaram que esta pessoa seja amaldiçoada” (Gal 1,8)
- “Ninguém, pois, vos critique por causa de comida ou bebida, ou espécie de festas ou de luas novas ou de sábados. Tudo isto não é mais que sombra do que devia vir. A realidade é Cristo”.

Você pode perceber que a Bíblia ainda que seja a “Palavra de Deus” para a nossa salvação, se não for lida e interpretada com a mesma intenção com que foi inspirada, ou seja, para nos salvar, pode levar a pessoa a tirar dela o que ela não quer dizer.  

Perguntas

  1. Como devo ler a Bíblia?
  2. Como entender Jesus o centro da Bíblia?

 


5 º passo - Entrega (oração) – 10 min

5º Passo = Entrega (Oração) | 10 minutos

  1. Orar uns pelos outros (após breve partilha);
  2. Orar pelas células, áreas e redes, líderes, supervisores e coordenadores;
  3. Orar por todas as pastorais e movimentos;
  4. Pelos encontros de formação de líderes;
  5. Orar pelo padre Rogerio Felix, para que tenha sabedoria, discernimento e revelação para o pastoreio da visão celular e da paróquia;
  6. Orar pelo vigário, diáconos, por toda a liderança paroquial e funcionários;
  7. Por todo trabalho de células;
  8. Orar pelas células que ainda não se multiplicaram este ano;
  9. Orar pelos aniversariantes do mês;
  10. Orar pela nossa escola de formação permanente (ECEFP)
  11. Orar pelo nosso Bispo Dom Cesar.

 

DEUS ABENÇOE SUA VIDA PESSOAL E PROFISSIONAL, SUA SEMANA, SUA FAMÍLIA, SUA REDE E SUA CÉLULA.