Carregando...

"Bom dia. Quando eu tropecei, Deus me segurou. Quando eu cai, Deus me levantou. Quando não consegui andar, Deus me carregou nas palmas de sua mão! Neste dia que amanhece, levantemos nosso olhar ao Céu e agradeçamos a presença de Deus Pai em nossas vidas. Que seu dia seja abençoado." -

O que são células?

Última atualização: 05/02/2020 | 14:19:30

As células são pequenos grupos, formados por 12 pessoas, em média, que se reúnem semanalmente nas casas para partilha, estudo da Palavra de Deus e vivência comunitária. A Paróquia Espírito Santo é pioneira no Brasil no sistema de evangelização em células.


A vida em célula remete à experiência dos primeiros cristãos, que se encontravam nas casas para promover um encontro entre irmãos propiciando um ambiente sagrado para anunciar a Boa Nova e se edificar mutuamente na fé em Cristo Jesus, como podemos ver em Atos dos Apóstolos 2, 42-47.


O pioneirismo da Paróquia Espírito Santo nasceu do sim do padre Luís Fernando Soares em 2004. Ele buscou uma forma de implementar o projeto celular do qual já havia tido notícias em paróquias fora do país, especialmente das experiências vividas pelo padre Pigi Perini (Piergiorgio Perini) na Itália.


Após o Sistema Paroquial de Células ter se tornado uma realidade, a Paróquia Espírito Santo adotou a seguinte visão: “Em cada casa, uma célula que cresce e se multiplica, cada membro um discípulo missionário de Jesus Cristo.”




E para cumprir essa visão, as células:


São formadas com um limite máximo de 12 pessoas, que se encontram semanalmente na casa do “membro anfitrião” para orar, buscar a edificação na Palavra de Deus e partilhar a experiência de vida;

Os “líderes” são responsáveis, não apenas de promover o encontro, mas sim por edificar seus membros fazendo a célula crescer em sabedoria, tamanho e graça - à imagem de Jesus Cristo (Lc 2, 52);

À medida que busca edificar todos os membros, o “líder de célula” também se dedica a promover o discipulado do “membro auxiliar”, preparando-o para gerar o nascimento de um novo “líder”;

Quando a célula está “madura”, ou seja, quando o pequeno grupo de pessoas já possui aderência ao Evangelho de Cristo e já está preparada para acolher outras pessoas que querem viver a VIDA NOVA, o “membro líder” toma a decisão de multiplicar a sua célula;

A “multiplicação da célula” dará origem a uma nova célula e a um novo líder e, o mais importante, renovará a missão de todos nós em dar continuidade à edificação já recebida e avançar na missão evangelizadora da igreja!




O Sistema Paroquial de Células busca:

GANHAR pessoas para Jesus

CONSOLIDÁ-LAS na fé

TORNÁ-LAS discípulas (treinar)

ENVIÁ-LAS a evangelizar




Reconhecimento Pontifício

Em 2009, as células paroquiais foram reconhecidas pelo Vaticano. Em 2015, padre Pigi Perini (Piergiorgio Perini) recebe a aprovação definitiva. No mesmo ano, o papa Francisco recebe representantes de células do mundo inteiro, incluindo o padre Luis Fernando. Clique aqui para baixar o Estatuto SPCE 2015, elaborado pelo Organismo Internacional de Serviço das Células Paroquiais de Evangelização.




Reunião Celular

Uma reunião celular adequada deve sempre passar pelos 5 Es. São eles:

1) ENCONTRO

Objetivo: Acolhida (quebra-gelo). Comunhão. Integrar as pessoas, fazendo com que elas estejam à vontade na reunião não se sentindo ameaçadas.

Atividades: Perguntas, dinâmicas, pequeno lanche etc.

Duração: 10 a 15 minutos

2) EXALTAÇÃO

Objetivo: Louvor e adoração. Focalizar nossa atenção na presença de Deus entre nós.

Atividades: Cânticos, salmos, louvor espontâneo e silêncio.

Duração: 15 minutos

3) EDIFICAÇÃO

Objetivo: Ensino. Ouvir a Deus na Palavra e ministrar conforme as necessidades das pessoas, ajudando-as na prática da vivência cristã.

Atividades: Ministração do estudo divulgado semanalmente pelo Sistema Paroquial de Células, com o apoio de perguntas, respostas e partilhas.

Duração: 40 minutos

4) EVANGELISMO

Objetivo: Encorajar todos os membros da célula para a missão evangelizadora e alcançar os afastados da igreja.

Atividades: Planejamento de estratégias de evangelismo, motivação por parte do líder para evangelizar, apresentação dos nomes dos que serão e estão sendo evangelizados para a oração.

Duração: 15 minutos

5) ENTREGA

Objetivo: Oração. Serviço. Pedidos ao Senhor através de súplicas e intercessão pelas necessidades da Obra de Deus e pelas necessidades pessoais. Aqui também se faz a partilha de bens materiais, quando for necessário.

Atividades: Oração uns pelos outros, intercessão pelos que estão sendo evangelizados, compromisso com a oração pelas pessoas durante a semana, partilha material.

Duração: 15 minutos




As 7 finalidades da célula

O propósito básico de uma célula é evangelizar e crescer para multiplicar-se e formar discípulos de Cristo. Isto será alcançado pela realização de sete finalidades:

1) Crescer na intimidade com o Senhor

2) Crescer no amor recíproco

3) Compartilhar Jesus com os outros

4) Realizar um ministério no corpo místico da Igreja

5) Dar e receber apoio

6) Treinar novos líderes

7) Aprofundar a própria identidade de fé




Fundamentos Bíblicos das Células

O princípio de Jetro (administrar e comunicar-se melhor): Êx 18,13-25

Ministério de Jesus em pequeno grupo de discípulos (comunidade / pessoalidade): Mt 13,36

Evangelização nas casas: Mt 8,14; Mc 2,3; Mc 5,38-42; Lc 7,36; Lc 10,38-42; Lc 19,10

Reuniões cristãs nos lares: At 2,42-47; At 12-17; At 20,7-12.20; Rm 16,3-5; I Cor 16,3-5; Cl 4,15; Fm 2


Calendário

  • 21
    10

    07:00 até 08:00
    (PRESENCIAL) Santa Missa
    Paróquia Espirito Santo (Mitra Diocesana de São José dos Campos), Av. Cassiopeia, 461 - Jardim Satélite, São José dos Campos - SP, 12230-011, Brasil Ver detalhes
  • 21
    10

    08:00 até 18:00
    (PRESENCIAL) Adoração ao Santíssimo Sacramento
    Santuário de Adoração Ver detalhes
  • 21
    10

    08:00 até 09:00
    (ONLINE) Programa Bom dia Espírito Santo
    Estúdio Webradio PES de CRISTO Ver detalhes
Ver Mais

Colaboradores da evangelização pela comunicação